Arquivos mensais: junho 2014

7 profissões que precisam estar protegidas por um escudo financeiro

A vida é cheia de altos e baixos! Momentos bons e ruins sempre estarão presentes em vários aspectos dela, como nos relacionamentos, na saúde e principalmente na vida profissional e financeira. Apesar do período das vacas magras existir para todos nós, em algumas profissões de maior risco, um momento financeiro ruim pode colocar tudo a perder!

Algumas dessas profissões apresentam riscos devido a periodicidade dos lucros, a falta de segurança financeira ou a necessidade de ter um capital reserva para serem desempenhadas. Nesses casos, proteger a carreira com um escudo financeiro é essencial para ter uma vida mais tranquila e segura. Confira alguns casos de profissões que necessitam estar protegidas por um escudo financeiro e as situações em que são necessárias ativá-lo!

Construtores e Arquitetos

Trabalhar no ramo da construção civil envolve vários riscos e imprevistos financeiros que podem se transformar em verdadeiros desastres! Os problemas podem ser desde pequenos gastos não planejados na obra, até incêndios, danos a vizinhos, acidentes com os trabalhadores e danos pessoais. Nesses casos, ter um seguro da obra pode ser fundamental para conseguir terminá-la e ter lucro.

Motoristas autônomos

Trabalhar com o próprio veículo, seja dirigindo-o ou emprestando-o a outro motorista, é uma atividade que reúne vários riscos. A cada ano, cresce o número de acidentes e roubos de cargas e veículos, falta de segurança que é sentida na pele pelo profissional. Isso sem contar a necessidade de manutenção constante. Nesse caso, contar com um seguro do veículo é mais do que necessário.

Corretores de imóveis

Essa é uma das profissões em que a periodicidade das vendas é mais sentida! É muito comum que um corretor consiga vender um imóvel agora e receba uma boa comissão, mas só feche outra venda daqui a três meses ou mais, o que traz um certo risco financeiro para essa profissão. Nesse meio tempo, é essencial guardar algum dinheiro para se manter e ter um seguro de diárias de indisponibilidade temporária (DIT) para se previnir de acidentes pessoais e doênças que possam afetar a produtividade desse profissional.

Representantes comerciais

Esse profissional não tem todos os direitos de um trabalhador de carteira assinada, como o INSS e FGTS, a não ser que pague do próprio bolso. Além disso, eles têm que arcar com todas as despesas de trabalho, como alimentação e transporte. Como a sua renda depende diretamente das vendas, é necessário manter um dinheiro para suportar períodos ruins do mercado e um plano de previdência para garantir o futuro a longo prazo!

Consultores

A profissão de consultor tem como uma das maiores dificuldade a instabilidade e dependência do mercado. Quem avalia o desenvolvimento do trabalho desse profissional é o cliente, que muda constantemente. Enquanto o consultor gasta muito tempo com viagens a serviço, ele tem que estar sempre a procura do próximo trabalho, o que traz uma certa instabilidade à profissão.

Lojistas iniciantes

Sustentar uma empresa em fase inicial é a principal dificuldade de muitos empreendedores. Se uma loja vai fazer sucesso ou não, depende de vários fatores como a localização, preço e qualidade do produto, entre outras. Estimativas apontam que um negócio recém formado demora pelo menos 3 meses para estabelecer sua clientela e dar lucro, fazendo sempre a necessidade de manter um capital de giro para cobrir os gastos até que o negócio dê certo.

Organizadores de eventos

O sustento desse profissional free lancer depende de fatores como o tamanho do evento, o cliente, o perfil do profissional e, principalmente, pela periodicidade em que acontecem os eventos. Assim, um dos maiores desafios dessa profissão é organizar o dinheiro para não passar nenhum tempo no vermelho!

Alguns eventos que podem apresentar maior risco, principalmente eventos artísticos e esportivos de grande e médio porte, se faz necessário ter um seguro de Responsabilidade Civil para cobrir danos pessoais ou materiais que podem ser causados a outras pessoas durante o evento.

Quais precauções é preciso tomar?

Qualquer trabalho, seja ele montar uma pequena empresa ou construir um prédio, passa pela gestão de riscos. O objetivo dessa etapa da gestão é manter o nível de segurança necessário para o trabalho. Se os riscos estão altos demais, podemos ter que enfrentar problemas maiores do que podemos lidar! Por esse motivo, em qualquer negócio que apresente risco de danos materiais ou corporais, danos a equipamentos ou veículos, é recomendável contratar um seguro que seja eficiente e adequado para suas necessidades, controlando assim os riscos de cada empresa.

Como está a segurança financeira do seu negócio? Vocês está preparado para momentos inesperados de crise? Compartilhe suas dúvidas, receios e sugestões nos comentários abaixo!

Newsletter

5 benefícios que um seguro saúde te garante

Boa parte do nosso suado dinheirinho é usado para investir em lazer, estudo e saúde. Por esse motivo, é importante escolher um bom plano de saúde, que te garanta segurança e cobertura, em todos os momentos de sua vida.

Mas quais são as vantagens reais de se aderir a um plano de saúde? Separamos neste texto as principais razões para você contratar hoje mesmo um seguro de saúde para você e sua família.

Cobertura do imprevisível

A maior vantagem de se contratar um plano de saúde é estar protegido contra o que não estamos esperando. O imprevisível pode ser um simples acidente doméstico, como cortar o dedo e necessitar de pontos ou uma cirurgia de grande porte, decorrente de algum problema de saúde. Com um convênio médico, você tem sempre a garantia de que não está desamparado.

De acordo com o plano contratado, é possível estar totalmente coberto (sem necessitar de gastos extras) ou parcialmente coberto (sendo necessário completar alguns valores financeiros). Os valores e as coberturas variam, especialmente, de acordo com a idade, mas garantem a segurança de poder contar com algum auxílio financeiro na hora do aperto. O seguro de saúde é um valor que vale a pena investir, mesmo que pareça, momentaneamente, um dinheiro gasto em vão.

Facilidade na prevenção de doenças

Quem tem plano de saúde, vai com mais frequência ao médico, pela comodidade e facilidade que ele oferece. Por isso, tende a estar sempre acompanhando o seu estado de saúde. Essa rotina pode auxiliar na prevenção e detecção de doenças, permitindo que os tratamentos sejam mais efetivos e menos radicais.

Cobertura nacional

Um bom plano de saúde te oferece a opção de pagar por uma cobertura em âmbito nacional, ou seja: onde quer que você esteja no país, pode usar seu convênio para ser atendido em um hospital onde ele é aceito. Geralmente essa cobertura funciona somente para emergências, o que já é de grande auxílio e garante segurança para quem viaja com frequência para outras cidades.

Descontos em tratamentos e remédios

Muitos planos de saúde, além de oferecerem cobertura médica em consultórios e hospitais, fornecem outros benefícios para seus clientes. Alguns planos garantem desconto em compra de remédios com prescrição médica (em alguns casos, o valor é todo coberto pelo convênio) e em tratamentos com outros especialistas (como fisioterapeutas, psicólogos e até nutricionistas). Quando for escolher contratar um plano, é importante verificar se ele oferece alguma dessas vantagens.

Benefício fiscal

Um dos maiores benefícios de se contratar um plano de saúde age diretamente no seu bolso: dedução no imposto de renda. O valor investido por você para garantir segurança e saúde através de um convênio médico pode – e deve – ser declarado no seu imposto de renda, podendo alterar significativamente o valor a pagar ou receber de reembolso da Receita Federal. Se você já tem um plano de saúde, não se esqueça de, anualmente, acrescentá-lo à sua declaração do imposto de renda!

Viu como ter um plano de saúde pode ser mais interessante do que parece? É importante ressaltar que as vantagens citadas neste texto variam de acordo com o tipo de convênio contratado e com algumas outras variáveis como idade, histórico familiar de doenças e hábitos de vida. Estude bem suas opções e contrate o plano que se encaixe melhor às suas necessidades.

Está lembrando de outro benefício que um bom plano de saúde pode oferecer? Deixe seu comentário com sugestões ou dúvidas abaixo!

Newsletter

Como garantir o futuro da sua família?

Você já parou pra pensar se está fazendo alguma coisa para garantir um futuro confortável para você e sua família? Se estiver vivendo sem pensar no amanhã, talvez seja a hora de começar a se planejar para não sofrer as consequências mais tarde. Nossa expectativa de vida tem aumentado e nada melhor do que estar preparado para aproveitar essa longevidade com qualidade.

A seguir, nós relacionamos algumas dicas para ajudar na construção de um futuro mais estável para você e as pessoas que o cercam.

Planejamento familiar

Faça um planejamento familiar, pois assim será mais fácil enxergar a situação financeira atual, bem como estabelecer metas e definir objetivos. É importante poupar, mas também é necessário saber investir, portanto procure se informar sobre diferentes formas de investimentos para identificar o que mais se adequa à você.

Sempre que possível, envolva seus familiares nos assuntos relativos às finanças. Quanto mais pessoas estiverem empenhadas em contribuir para a preservação e aumento do patrimônio, mais sólida será a situação econômica dos mesmos. Um casal que investe ou poupa junto, por exemplo, pode obter melhores resultados do que se apenas uma das partes estiver preocupada com o futuro.

Invista em um plano de Previdência

É importante ser contribuinte da Previdência Social pela garantia da conquista do direito à aposentadoria. Uma forma de investimento para complementar o salário pago pelo INSS seria a Previdência Privada, que vem sendo adotada no pacote de benefícios de empresas preocupadas em atrair e reter funcionários.

Nessa modalidade, é possível escolher o valor e a periodicidade da contribuição, bem como a forma de resgate que pode ser do valor total ou de forma parcelada.

Seguro de vida personalizado

Novas modalidades de seguro de vida têm surgido a fim de atender com mais precisão as necessidades dos segurados. Algumas empresas já oferecem produtos voltados exclusivamente para o público feminino, agregando benefícios como indenizações em caso de diagnóstico de câncer, por exemplo.

As seguradoras também têm investido em novas formas de conceder vantagens aos seus clientes: descontos em compras e serviços, seguro viagem e sorteios com prêmios em dinheiro são alguns bônus oferecidos.

Se proteja com um Seguro Saúde

Investir na saúde também é uma forma de se construir um futuro de qualidade. Um bom plano pode facilitar o acesso à recursos que nem sempre estão disponíveis na rede pública. As operadoras, por sua vez, têm estimulado seus clientes à tomarem atitudes no sentido de prevenir doenças e consequentemente viverem de forma mais saudável.

Garanta os estudos com um Plano de Previdência Júnior

Num mercado de trabalho cada vez mais competitivo, os estudos se tornaram requisitos básicos na construção de uma carreira. Se já tiver filhos – ou estiver planejando – também é interessante pensar em poupar, caso precise pagar uma escola ou universidade particular ou até mesmo algum curso extracurricular.

Ao contratar uma previdência educacional, além de receber a garantia de pagamento das mensalidades em caso de morte ou invalidez pelo responsável financeiro, o aluno também pode usufruir de transporte escolar em caso de incapacidade de locomoção ou ainda participar de aulas particulares.

É importante entender que as atitudes do presente irão definir os caminhos que seu futuro e o de sua família irão tomar. Você já contratou algum desses seguros para sua família? Possui alguma outra dica relacionada a esse assunto para compartilhar? Deixe suas sugestões e opiniões nos comentários abaixo!

 

Newsletter

Esteja peparado! 4 motivos para contratar um seguro para sua profissão

Os profissionais de alguns segmentos da sociedade estão mais suscetíveis a danos decorrentes de erros ou prejuízos em uma época que se prima cada vez mais por altos padrões de qualidade nos atendimentos e aciona-se a justiça para compensar determinadas ocorrências, fazendo com que seja necessário possuir uma contingência financeira para emergências dessa ordem.

O Seguro de Responsabilidade Civil Profissional é uma excelente estratégia de proteção para diversos profissionais e indicado para médicos, dentistas, advogados, arquitetos, engenheiros, contadores e demais carreiras que estejam mais propensas às eventualidades. Veja abaixo 4 bons motivos para contratar o Seguro de Responsabilidade Civil (Erros & Omissions) para a sua profissão e não ser pego de surpresa.

Variedade de produtos para atender à sua profissão

Você se insere de acordo com o seu ramo, onde o mercado oferece seguros voltados para determinadas áreas e agrupados por sua atuação, utilizando como referência a natureza do negócio:

  • Tradicional: engloba Escritórios de Advocacia, Escritórios de Engenharia, Escritórios de Contabilidade, Corretores de Seguros, Notários Públicos e Registradores, Agência de Turismo, ECV´s;

  • Específico/Tecnologia: Empresas de Tecnologia, de Mídia & Multimídia, Estabelecimentos de Ensino;

  • Geral: demais Prestadores de Serviços Profissionais.

Flexibilidade e customização na contratação

Na contratação de um Seguro de Responsabilidade Civil, é realizada uma análise criteriosa para garantir a cobertura ideal para cada profissional. É uma proteção securitária adaptada com a finalidade de corresponder às necessidades de sua área laboral, se adaptando a cada tipo de negócio e riscos específicos, fazendo com que o valor investido esteja mais de acordo com a realidade do negócio, com flexibilidade e customização, atendendo à proteção desejada.

Escudo financeiro para emergências

Quaisquer que sejam os compromissos que tenha firmado em seu negócio, imprevistos podem acontecer e tornar situações cotidianas em problemas. Com a contratação do Seguro de Responsabilidade Civil, fica mais fácil honrar todos os seus compromissos sem a preocupação de contar com a sorte, estando preparado para qualquer situação de emergência e protegendo o seu patrimônio a longo prazo.

Muitas pequenas empresas são formadas por profissionais liberais e constituídas de forma bem familiar, com aluguel de equipamentos e móveis, sem uma grande estrutura que possa dar respaldo aos riscos profissionais quando necessário.

Proteção para lidar com o inesperado

Muitos profissionais são acometidos com reclamações por danos materiais, corporais ou morais em decorrência da sua prestação de serviços e é muito mais confortável estar protegido nestas situações inevitáveis. Os custos de defesa, incluindo todas as despesas referentes à mesma (honorários advocatícios nas esferas correspondentes) e indenizações, passam a não ser mais uma preocupação extra, em que muitas pessoas nem sabem como lidar com a situação, inclusive financeiramente. Ou seja, uma maneira planejada para se preparar para enfrentar o inesperado.

Se você faz parte de uma carreira profissional que está exposta a estas eventualidades, saiba que existe uma maneira de se proteger, assim como proteger o seu patrimônio e garantir a saúde dos seus negócios, sem criar dívidas ou enormes dores de cabeça com a contratação do Seguro de Responsabilidade Civil Profissional.

Ficou com dúvidas sobre essa forma de seguro para sua profissão? Deixe nos comentários abaixo as suas questões, que nós vamos te ajudar a entender melhor como se proteger de situações inusitadas.

Newsletter

Seguro de Responsabilidade Civil Profissional: o que é e como pode me ajudar?

Estar seguro é uma das maiores preocupações das pessoas. É por isso que contratamos seguros para nossas casas, carros, empreendimentos e até para a nossa vida. Por que, então, não nos preocupamos com os efeitos do nosso trabalho?

Quando se estabelece uma relação profissional entre duas pessoas, seja ela passageira como uma consulta médica, ou mais longa como uma construção, sempre haverá riscos envolvidos. Riscos esses que podem colocar não apenas uma carreira em dúvida, mas o capital financeiro do profissional. Ainda que você tenha convicção sobre a qualidade do seu trabalho, é impossível garantir que irá acertar sempre, já que muitas vezes suas decisões são afetadas pelo ambiente ao seu redor ou mesmo pelos recursos disponíveis.

Assim, o seguro de responsabilidade civil profissional trabalha para dar tranquilidade ao profissional, seja ele um médico, arquiteto, engenheiro, advogado ou qualquer outra profissão que precise de proteção. Nos próximos parágrafos iremos detalhar como esses seguro funciona e quais cuidados você deve tomar para contratá-lo. Acompanhe:

O que é o Seguro de Responsabilidade Civil

O Seguro de Responsabilidade Civil funciona como qualquer outro seguro: ele garante o ressarcimento de indenizações que você seja obrigado a pagar até o limite contratado pela apólice.

Na prática, esse tipo de seguro não cobre apenas os serviços prestados por você, mas também seu equipamento, local de trabalho e carros. O custo do seguro, assim como qualquer outro, depende do que está sendo segurado e do tamanho do risco envolvido. Além disso, o valor do prêmio pode sofrer alterações caso você já tenha respondido a ações judiciais. Para que o custo não se eleve, é importante que você identifique suas prioridades ao contratar a apólice.

Como ele pode me ajudar

Nenhum profissional espera errar ou causar algum dano voluntariamente a alguma pessoa ou empresa. Ainda assim erros acontecem e você precisa estar protegido. O Seguro de Responsabilidade Civil Profissional protege o profissional de erros cometidos no trabalho que possam ter causado prejuízos a outras pessoas.

Prestadores de serviços possuem uma modalidade especial neste tipo de seguro chamada E&O (Erros e Omissões), que protege contra erros na execução do trabalho de qualquer prestador, desde que seu serviço seja regulamentado no país. Essa modalidade é indicada para advogados, dentistas, médicos, consultores, agentes de viagem, engenheiros, arquitetos, corretores e outros profissionais autônomos.

Também há o tipo D&O para profissionais executivos que protege o capital pessoal em caso de decisões empresariais erradas.

Alguns detalhes importantes

No Brasil, alguns seguros de responsabilidade civil são obrigatórios, como o DPVAT. Em alguns estados, como no Rio Grande do Sul, o seguro é obrigatório para técnicos que assinam e executam

Newsletter

5 motivos para ter um seguro de vida

Uma das melhores formas de amparar familiares em casos de morte ou acidentes, é o seguro de vida. Mesmo sendo um serviço que ninguém gostaria de usar, é importante pensar em como minimizar as consequências negativas para aqueles que você gosta se, infelizmente, acontecer algo grave – afinal, será um momento de fragilidade geral e todo o auxílio será importante para dar forças e condições aos familiares prosseguirem a vida sem prejuízos, especialmente os financeiros, que trarão ainda mais transtornos.

Muitas vezes não se tem a noção de quais razões tornariam necessária a contratação de um seguro. O interesse pelo seguro de vida é menor, por exemplo, do que pelo de carros e muitos dos segurados (proprietários do seguro) o possuem apenas por complemento a serviços bancários ou através de empresas que disponibilizam esse serviço aos seus empregados. Para não ser pego – ou não deixar sua família ser – de surpresa diante de uma eventualidade, confira 5 motivos para se contratar um seguro de vida e, assim, proteger as pessoas que você ama.

Não se pode controlar o acaso

Todos têm planos para o futuro, seja a curto, médio ou longo prazo, mas eventualidades podem acontecer quando menos se espera e sobre as quais não se têm nenhum controle. Elas acontecem e, depois disso, não se pode voltar no tempo, apenas tomar as decisões que influenciarão os dias dali em diante.

Se não se podem evitar fatos inesperados, pode-se, ao menos, estar mais bem preparado para quando (ou se) acontecerem. O seguro de vida pode garantir uma boa indenização para familiares em caso de morte, ou uma compensação que ajude no sustento familiar após a invalidez do contratante do seguro.

Sua família nunca está pronta o suficiente

Não é dos melhores assuntos para se conversar na mesa do jantar, mas ainda que a chance de morte ou de acidentes seja comentada de forma aberta na família, o impacto gerado após um fato desse ocorrer é grande, a ponto de deixar os mais próximos de você desnorteados e sem saber como lidar com esse acontecimento, tão repentino, que pode mudar uma rotina inteira para sempre.

Com o amparo financeiro e imediato que uma cobertura de seguro de vida pode trazer, as pessoas que têm proximidade com o acidentado ou falecido ganham mais condições de reagir e, então, fazer todos os trâmites necessários para lidas da melhor forma com a tragédia que acaba de acontecer.

O seguro de vida não precisa ser caro

A ideia de que seguro eficiente é seguro caro não necessariamente se aplica. Mais importante do que o valor, são as coberturas inclusas na contratação, que dependem de variantes como a saúde da pessoa contratante, a renda, os riscos assumidos pelo segurado, entre outros.

Portanto, é possível incluir num orçamento, mesmo que baixo, uma proteção para sua família antes de qualquer imprevisto.

O seguro de vida não precisa ser complicado

Mesmo se tratando de um assunto sério, o seguro de vida não deve ser complicado. Pelo contrário: todas as informações devem estar claras ao segurado e aos beneficiários, que receberão os valores de indenização em caso de morte ou invalidez do contratante do serviço.

Assim, o seguro não é um apanhado de letras e informações incompreensíveis para leigos, mas sim algo simples que, no momento de necessidade, será aplicado de maneira rápida e tranquila. Então, é importante ler e esclarecer todas as dúvidas antes, durante e mesmo depois da contratação de um seguro.

Qual legado você quer deixar?

Essa talvez seja a pergunta que motiva ou não a contratação de um seguro tão especial como o de vida. Para quem é sozinho ou não se preocupa com a situação de parentes ou com pessoas sem importância na vida pessoal, há poucas motivações para adquirir um serviço que, em resumo, beneficiará pessoas ligadas àquele que sofreu um acidente ou faleceu. Mas a situação muda quando se fala de familiares com ligação forte, como mãe, pai, filhos ou cônjuge.

Se você pretende deixar algo para eles, seja num caso de fatalidade ou não, vai querer deixá-los protegidos e com condições de continuar a vida, sem problemas que os impeçam. Um seguro de vida pode ser um legado que, apesar de não suprir a ausência de uma pessoa, dá condições de diminuir os danos ocorridos por causa de uma tragédia – que pode acontecer a qualquer momento, com qualquer um.

É importante encontrar também suas próprias motivações para ter um seguro de vida e, após pesquisar e esclarecer qualquer dúvida com bons profissionais e instituições confiáveis, ficar mais tranquilo, por dar a quem você ama uma proteção – que poderá ir além das suas condições após uma eventualidade.

Você já possui um seguro de vida? Quais os motivos te levaram a contratar essa solução ou o que o está impedindo ainda de fazer essa prevenção? Deixe seus comentários abaixo.

Newsletter

Por que é importante ter um plano de Previdência Privada?

Trabalhar pode ser prazeroso para muitas pessoas, mas, por mais que você ame o que faz, chega uma hora em que é preciso parar, ou, ao menos, diminuir o ritmo. E, quando isso acontece, é bom ter uma fonte de rendimentos para garantir não só seus gastos básicos, mas também alguns prazeres.

Quem não trabalha com carteira assinada, já sabe (ou deveria saber) de antemão que precisa poupar para garantir algum rendimento para o futuro. Mas quem é empregado de acordo com as normas da CLT também pode – e deve – se beneficiar dos planos de previdência privada.

Se você é funcionário de uma empresa, já reparou há muito tempo que algo entre 8% e 11% do seu salário (até o valor de R$ 4.159) não vai para o seu bolso, e sim para o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Esse órgão ligado ao governo federal usa o dinheiro arrecadado para pagar o benefício de trabalhadores aposentados e outras garantias sociais como seguro desemprego, licenças, e auxílios para quem sofre de problemas de saúde e fica impedido de trabalhar por algum tempo, por exemplo.

Ganhe mais

Muitas pessoas se consideram seguras porque dão essa contribuição. Mas não se iluda! Quem contribui com o INSS pode vir a receber no futuro um valor entre um salário mínimo e um teto de R$ 4.159 (valor reajustado anualmente). Se você está acostumado a gastar mais que isso, pode sofrer uma queda expressiva em seu padrão de vida após a aposentadoria.

Ao escolher um plano de previdência privada, você pode escolher a forma como será remunerado e ter uma ideia clara de quanto quer receber. Quanto mais você contribuir, maior será o seu rendimento no futuro — assim, você consegue determinar qual padrão de vida quer ter e poupar de acordo com ele.

Tenha mais segurança

A previdência pública não está livre de mudanças de regras. Após arrecadar tudo que pode e distribuir tudo o que deve, a conta do governo fecha sempre no vermelho. É provável que, em algum momento, ajustes sejam feitos para diminuir esse déficit e o contribuinte tenha que receber menos ou trabalhar mais tempo para ter direito à aposentadoria.

Instituições de previdência privada sólidas administram o seu dinheiro de forma que ele renda mês a mês. Além disso, se você estiver insatisfeito com o andamento do seu plano de previdência ou com as taxas cobradas pelo administrador, pode resgatar o valor investido de acordo com os termos previstos em contrato.

Viva mais

Dependendo do quanto você poupar a cada mês, é possível se aposentar antes dos 65 ou 60 anos (idades mínimas para aposentadoria pelo INSS para homens e mulheres, respectivamente). Assim, sobra mais tempo para aproveitar as coisas boas da vida, passar longas temporadas na praia e viajar bastante.

Não perca dinheiro

O dinheiro que você entrega ao INSS é perdido: você jamais receberá esse capital de volta. Já o valor investido em uma previdência privada pode ficar para os seus herdeiros ou ser gasto por você ao longo da vida.

Essas foram algumas dicas para entender a importância de se pensar um plano de Previdência Privada. Acima de tudo, é bom pensar em um plano secundário, caso algo aconteça com sua contribuição ao INSS ou se você sente a necessidade de uma aposentaria mais cedo do que a proposta pelo governo.

Você já investe em uma Previdência Privada? Quais as maiores vantagens esses planos te oferecem? Deixe seu comentário abaixo!

Newsletter

Guia definitivo para ter uma vida longa

Viver bem é uma de nossas maiores, se não a maior, preocupações. Estamos constantemente procurando maneiras de garantir bons recursos financeiros, uma boa casa, boa escola para nossos filhos, bons planos de saúde, seguros de vida, casa e automóvel, mas às vezes nos esquecemos do que é mais importante para se viver bem: cuidar de nós mesmos.

Não adianta nos importarmos em controlar todas as possíveis variáveis prejudiciais que podem atingir a nossa família, se não nos preocupamos em, antes de tudo, ter qualidade de vida. Por esse motivo, resolvemos elaborar um pequeno guia, com dicas que vão te ajudar a ter uma vida longa e saudável, para usufruir de todos os momentos com seus amigos e família. Confira!

Alimentar-se bem

Não adianta reclamar e dizer que cuidar da alimentação não é uma maneira de cuidar da gente. Hipócrates, grande médico grego, já dizia que o alimento é nosso melhor remédio. Devemos prestar atenção no que andamos consumindo!

Aumente o consumo de frutas e saladas, beba muita água, modere na ingestão de gorduras e proteínas animais e escolha, sempre que possível, carboidratos integrais para compor seu prato. É claro que uma saidinha da rotina não faz mal a ninguém (afinal, alimentação também deve ser sinônimo de prazer), mas os pequenos deslizes devem ser ocasionais e não frequentes.

Exercite-se mais

Quando falamos em aumentar o exercício físico, não necessariamente estamos indicando que você deva começar algum tipo de esporte ou frequentar a academia: se exercitar é mais do que isso!

Sabemos que os dias são cada vez mais corridos e o tempo cada vez mais escasso, então tente aproveitar pequenos espaços durante suas tarefas diárias para se movimentar um pouco mais. Pare o carro em um local mais distante do trabalho para poder caminhar mais, use o transporte público sempre que possível, prefira subir e descer escadas ao invés de usar elevadores e caminhe muito, sempre que houver a oportunidade.

Essas pequenas ações já vão favorecer o fortalecimento da sua musculatura, sua vascularização e seu coração, especialmente se forem realizadas diariamente. É claro que, se você gosta e pretende praticar algum esporte ou atividade de academia, estas opções também são bem-vindas para movimentar mais o seu corpo.

Relaxe mais

Indivíduos mais estressados costumam, além de se irritar mais facilmente com qualquer coisa, viver menos. O stress é hoje uma das maiores causas de problemas de saúde em adultos, podendo levar de um simples quadro de enchaqueca a riscos aumentados de infarto e elevação da pressão arterial. Sabemos que é difícil evitar se estressar em algumas situações do dia a dia, mas alguns minutos de relaxamento podem ser essenciais para ajudar a controlar a energia negativa nestes dias.

Valorize seus finais de semana, suas horas de descanso e suas férias. Permita-se divertir após um dia cansativo de trabalho. Saia da rotina quando possível. Pratique exercícios relaxantes como Yoga, meditação e pilates. Se precisar de cuidar da cabeça, não deixe de procurar ajuda profissional. O nosso equilíbrio mental é uma das maiores armas para cuidar bem da nossa saúde.

Durma bem

Você sabia que dormir bem é um dos sinais de que sua saúde (e sua vida) vai bem? Pessoas que conseguem relaxar e passar toda a noite dormindo, sem interrupção, ou sem episódios de insônia, também apresentam melhora importante na qualidade de vida. Quem dorme bem não só acorda bem disposto e com energias repostas para o dia seguinte, mas também respondem melhor a situações de estresse mental e metabólico. Alguns estudos científicos já conseguiram relacionar a boa qualidade de sono com riscos menores de obesidade e diabetes, sabia?

Não existe melhor conselho para uma vida saudável e longa do que a moderação. Comendo bem, exercitando bem, dormindo bem e relaxando mais conseguimos aproveitar a vida com cautela, valorizando um dia de cada vez, sem deixar de cuidar sempre do nosso futuro.

Como você tem cuidado da sua vida? Já segue alguma das dicas que apontamos ou todas elas? Conhece outros hábitos que podem ajudar a ter uma vida longa e saudável? Deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários abaixo!

Newsletter